Tag Archive | mudanças

outro começo – 2018 – another begginning

Aqui estou eu, mais uma vez apostada em efectivamente ter um blog de publicação relativamente regular. Parece que já fiz isto umas mil vezes (vá, 3 ou 4)!

Desta feita, vamos tentar uma calendarização minimamente estruturada, que vos parece? Um post por semana – parece-me razoável considerando o grau elevadíssimo de procrastinação que habita a minha pessoa. Será que devia fixar um dia na semana? Talvez ajudasse a estruturar-me na criação do conteúdo e a obter a regularidade almejada.

Parece-me que sim, vamos a isso. Um post por semana, Quartas-feiras – estamos combinados? Eu escrevo, vocês lêem e comentam (por favorzinho???)

Feliz 2018!

Here I am again, betting once again on having a relatively regularly published blog. It seems like I have done this a thousand times (well, 3 or 4)!

This time around, let us try a reasonably minimally structured calendar, what do you think? One post per week – it seems reasonable, taking into consideration the degree of procrastination which inhabits me. Should I schedule a day of the week? Perhaps it would help structuring myself in content creation and obtain the desired regularity.

It seems to me like it’s a yes, let’s do it. One post a week, Wednesdays – is it a deal? I write, you guys read and comment (pretty please???)

Happy 2018!

Advertisements

Palavras | Words

Ando a sentir necessidade de escrever. Como se tivesse alguma coisa cá dentro a querer sair. Como se fosse esse o propósito de por aqui andar neste planeta, o meu desígnio.
Depois, acontece a vida. Trabalho, contas para pagar, família, amigos, hobbies e coisas que gosto de fazer e que me dão alegria, o simplesmente ficar a vegetar no fim-de-semana e recarregar as baterias, desligando o cérebro.
Como equilibrar esta necessidade que tenho, tão visceral, com o meu dom inato para a inactividade? Como fazer esse amor ardente pelas palavras ser mais forte que o cansaço e a preguiça e -A INTERNET- ?

Estou melhor em vários aspectos…agora conseguir fazer de algo que me move
de dentro para fora ser algo que me permita viver de alguma forma…como?
Um passo de cada vez, não é? Vamos aos poucos, um dia lá chegarei!

divider-line1
I’ve been feeling the need to write. Like I have something inside wanting to get out. As if that was the purpose of me being around on this planet, my design.
Then, life happens. Work, bills to pay, family, friends, hobbies and things I like and that give me joy, the plain and simple ‘couch-potatoing’ over the weekend, recharging batteries and turning my brain off.
How to  balance this need I have, so visceral, with in born gift to do nothing at all? How to make this ardent love for words be stronger than being tired and laziness and – THE INTERNET- ?

I am better in many aspects…now to achieve being able to do something
that moves me from the inside out as a means of living somehow…and how?
One step at a time, right? Bit by bit we go, I’ll get there someday!