Tag Archive | emotion

=Deception of perception=

Tell me sweet little lies
that you like it
that I'm beautiful
that it's good.
Tell me small white lies
that you like me
that it's beautiful
that it's never been so good.
Say all the words
I want to hear,
I'll know they're untrue
but I won't shed a tear.
Say all those pretty words
to make my heart skip a beat.
I'll believe them all
that'll be my downfall.

                                  05 June 2011
Advertisements

Amore Anima

Anima Mea Aeterna
coração da noite
aroma de deserto
sabor de café e menta
asa negra estrelada
onda de mar revolto
sopro de brisa agreste
lábios de puro mel
mãos de sal e sol
corpo de impuro divino
ardente sussurro
torrente de emoção
muralha protectora de
amplo abraço terno
ágil sonho profundo
sorriso de fumo
beijo pleno de luar
lugar onde mais pertenço
castelo étereo de prata e ónix
não me voltes a deixar.

Agosto, 2011

A eterna procura de mais que um nada

Agosto, 2011

Não sou líder
nem sigo cegamente
caminho lado a lado
num passo intermitente.
Não sou mais nem menos
nem busco ser tal
apenas tenho sonhos
que quero cumprir, afinal.
Sou eu e nada mais
por entre diferenças
cores, tamanhos e crenças
somos todos iguais
anseios partilhados
de felicidade rica
desejos murmurados
um sorriso que fica
Ninguém quer estar sozinho
ninguém quer solidão
todos buscamos carinho
conforto para o coração.

|- Journey – |

Este poema é um resumo de como me senti e a montanha-russa desta semana… foi uma danada de uma longa semana!

This one today is just a sum up of how this week has felt…it was a darned long one!

 

Another day
another fight
can’t escape the fray
in the dark night

Silence is golden
or so they say
just an evil ruse!
to get us through the day

It’s a neverending search
to quench an eternal thirst
this longing for human touch
never knew a need as such

We all dream of another
to keep close and take care
will we ever find each other
and drive away this fear?

Dread of loneliness
of emptiness, of meaningless
that consumes the human soul

A fear of living in the quiet
never really feeling whole

– Apenas um dia –

Ao fundo o som de grilos e cigarras
como a banda sonora que nos falta
permeamos os silêncios com suspiros
para disfarçar quando o coração salta.
Tudo a nu
desejo cru que nos impele
foge o ar do peito
fica tudo à flor da pele.
Arrastam-se lânguidos
ao sabor da maré
saboreando-se entre gemidos
renegando qualquer fé.
Selvática dança de corpos
em desenfreada coreografia
errática canção de espíritos
dois num só por um só dia.

Agosto, 2011

White Lie

– Another oldie –

There’s always one
a sweet little lie that
you tell yourself so your
heart won’t die.

Wretched hope
lingering
on
clutches the mind
with it’s hurtfull
claw.

It comes
along with
despair
for where there’s
hope
there’s always
fear.

That’s why it is
so bad
hoping
and
despairing
as one never had.

That’s
what
creates the lie
surrendering
to hope
while letting out a cry.

Hope against
hope we always
keep hoping
and that is why
we tell that
little

white

lie.