:REBLOGG: Francisco Azul: “Sinto-me diferente e isso não tem que ser mau”

Do Blog IDAutonoma, uma leitura que vale mais do que a pena!

“É cigano e não teme as palavras. Cresceu num bairro social e frequenta o segundo ano da licenciatura de Serviço Social . Desafia a cultura, quando luta pelo seu objetivo: estudar.”

Source: Francisco Azul: “Sinto-me diferente e isso não tem que ser mau”

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s