Balada de um Coração Só

“Um guerreiro da Luz faz sempre algo fora do comum.
Pode dançar na rua enquanto caminha para o trabalho, olhar nos olhos um desconhecido e falar de amor à primeira vista, defender uma ideia que pode parecer ridícula. O guerreiro da Luz permite-se tais dias.
Ele não tem medo de chorar mágoas antigas ou alegrar-se com novas descobertas. Quando sente que chegou a hora, larga tudo e parte para a sua aventura tão sonhada. Quando entende que está no limite da sua resistência, sai do combate, sem se culpar por ter feito uma ou duas loucuras inesperadas.
Um guerreiro não passa os seus dias tentando representar o papel que os outros escolheram para ele.”

– Paulo Coelho, Manual do Guerreiro da Luz

Permitirmo-nos sentir tudo o que é possível a um humanos sentir; chorar de dor, rir de êxtase, dançar de alegria; cria contentamento e uma sensação de estar completo na alma.
O medo do ridículo nunca deveria impedir-nos de fazer o que o coração nos pede, assim como o medo de sofrer nunca nos deveria impedir de arriscar. A felicidade espreita em cada esquina, basta apenas aceitar tudo o que ela acarreta.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s